domingo, 25 de dezembro de 2011

Survival job - fim de um ciclo 5

E para terminar a série de posts a respeito do survival job, vai mais uma consideração.
Entre os brasileiros falar de "survival job" é meio um tabu, existe muito preconceito em cima disto, muitas pessoas até se afastam das pessoas que vão para o "survival".
Mas entre os canadenses o sentimento é diferente, eles não veem problemas no "survival job" e de certa forma se sentem bem constrangidos quando voce fala desse assunto. Porque na verdade a ida dos imigrantes "skilled work" para o "survival job" somente desvenda um dos maiores problemas do país, que é a pobreza!
E em uma entrevista para um trabalho para valer o fato de estar no "survival job" ajuda muito. Voce passa uma imagem de que enfrenta qualquer desafio, mostra sua adaptabilidade em situações diversas e as vezes adversa, estabilidade (não vale a pena ficar pulando de "survival" em "survival" na minha opinião). Muito melhor falar de "survival job" numa entrevista do que falar que está fazendo esses cursos de apoio ao imigrante (que no fundo acaba somente dando a impressão da pessoa ser acomodada). Claro que não estou falando de um mestrado ou curso em um college, mas essas agencias de apoio ao imigrante são uma perda de tempo se voce tem uma profissão muito especifica e que atua em um nicho de mercado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário