sábado, 19 de fevereiro de 2011

Hockey - espetáculo deprimente

Eu já vi muitas brigas em esportes. Em jogo de futebol sempre tem confusão, seja entre os jogadores, com o juiz ou na torcida. Jogadas desleais também aos montes. Mas eu nunca vi um espetáculo tão deprimente quanto o jogo de hockey entre o time de Nova York e o de Pittsburgh, há uns quinze dias atrás.
Os "melhores momentos" do jogo tiveram mais de 10 min e não mostrou nenhum gol (apesar do placar ter sido elástico). Somente cenas de selvageria. Simplesmente deprimente.
Mas o pior de tudo foi a reação da NHL, tres jogadores pegaram uma suspensão de umas duas semanas cada. Ou seja, nada, pelo que aconteceu. Infelizmente a NHL não acredita que o hockey é um esporte, e que pode ser jogado a sério. Eu tenho a certeza que a liga adora essas baixarias, porque quer atrair o público que gosta desse tipo de coisa. Uma pena, porque se o hockey fosse levado a sério poderia ser um esporte bem interessante, porque é emocionante e rápido. Mas desse jeito nunca vai chegar lá.
Se for para assistir luta, muito melhor é o UFC, porque pelo menos tem regras e os lutadores sabem lutar, ou a antiga luta livre, porque ninguem se machuca.
Só para terminar esse post, o melhor jogador do mundo que é um canadense chamado Sidney Crosby (nunca vi ele metido em confusão) não está jogando porque teve uma concussão cerebral provocada por uma entrada desleal do oponente. Muito divertido mesmo esse esporte.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. O mais triste é que é um esporte super interessante, movimentado e emocionante. Não há necessidade de violencia.

    ResponderExcluir
  3. Sérgio

    Minha primeira experiência com o hockey foi aqui em Vancouver, qdo fui assistir um jogo dos Giants, a categoria de acesso a NHL. Muita criança no estádio, coisa que nunca vi num estádio de futebol no Brasil. Nos primeiros minutos do jogo, dois jogadores simplesmente tiraram as luvas e saíram na porrada. Paralisei! Fiquei chocada e minha reação foi chorar. Eu queria ir embora... custei a acreditar que aquilo estava acontecendo.

    Não posso aceitar que um esporte permita isso. Enquanto as lágrimas escorriam as crianças de 5-7 anos gritavam: Fight, fight, fight. As pessoas em voltam não entendiam meu desespero e eu não entendia a razão daquilo. Eis que descobri que as pessoas vão para o estádio para ver a briga!

    Conversando com um canadense, ele me explicou o pq o Crosby nunca entrou em uma briga. Jogadores muito caros não brigam, pq o prejuízo é alto. Preste atenção, qdo alguém parte para cima de um jogador "caro" alguém intervém em compra a briga. Muitas vezes ele é substituído por um jogador que entra e vai direto para cima de quem estava provocando. Bizarro e inaceitável!

    Abraços

    ResponderExcluir