quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Acontecimento insólito

Essa é velha, mas vale a pena postar para ficar para a posteridade.
Fui no dermatologista aqui no Canadá, consulta de rotina, nenhum problema. Mas quando fui pegar o carro no estacionamento.... começaram os problemas. Para começar tava chovendo muito forte, só até chegar ao carro já me molhei todo. Aí quando cheguei na cancela de saída o cartão de crédito não funcionava, e na cancela só se aceita cartão de crédito!!! Parou um monte de gente atrás de mim (curiosamente a outra cancela tava vazia!) e eu resolvi apertar o botão de "chame o responsável". Expliquei o caso para o rapaz mas não adiantou nada, ele ficou muito nervoso (não no sentido de rude, mas nervoso mesmo, gaguejando) e eu acabei falando para ele ficar tranquilo que eu dava um jeito. Desci do carro e fui pedir para os motoristas derem ré para eu voltar para o estacionamento. Estacionei de novo, e fui para o quiosque dentro do estacionamento, bom cartão não aceitava mesmo, mas pelo menos dava para pagar com cash (dinheiro vivo). Eu só tinha uma nota de 50 na carteira e lá veio a surpresa, não aceitamos nota de 50!!! Mas não tinha problema porque no carro eu tinha umas moedas (a "conta" era de 9 dólares).
Voltei para o carro então, tudo é claro sob chuva, para pegar os 9 dólares. Mas quando cheguei na máquina de novo, o preço não era mais 9 dólares, tinha passado mais meia hora e agora a dívida era de 12 dólares!!!
Voltei para o carro de novo, mas o dinheiro que tinha não dava para os 12 dólares.
Saí então do estacionamento a pé e achei uma clínica de tratamento psiquiátrico (não, não tive um acesso de loucura, foi o lugar mais próximo que encontrei). E como eu previa tinha um ATM (caixa eletronico) lá dentro. Tirei 20 dólares, voltei para o estacionamento, paguei, mas a máquina não me deu os 8 dólares de troco!!!! Apertei de novo o botão de emergencia, e aquele primeiro atendente apareceu de novo. Tinham "esquecido" de colocar moedas no caixa de pagamento!. Mas eu poderia ficar tranquilo, porque no escritório do estacionamento eles podiam devolver o meu dinheiro. E onde ficava o escritório do estacionamento? Pelo menos aí fui bem atendido, ele me explicou que o escritório ficava do lado daquela primeira cancela em que todo o problema começou!!! Ou seja, ele viu tudo, mas não quis sair na chuva para me ajudar, provavelmente para não desfazer a chapinha do cabelo.
Fiquei quinze minutos no médico e mais de meia hora só para sair do estacionamento!!!
Depois tem gente que diz que eu não sou azarado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário