terça-feira, 8 de junho de 2010

Choque cultural

Viver no Canadá é estar submetido a choques culturais a todo instante.
No basemente da nossa casa morava uma moça, nos seus 20 e tantos anos, e segundo ela, born and raised no Canadá. E deveria ser mesmo porque tem sobrenome ingles.
Bom, ela se mudou e foi substituida por um casal de costa riquenhos. E da-lhe diferenças.
Uma das primeiras coisas que o costa riquenho me perguntou era se ele poderia usar o cortador de grama. Cortar a grama é minha responsabilidade, contratual inclusive. Mas porque não ajudar? E sempre é um conhecimento a mais. E além disso a esposa dele cortou todo o mato que crescia do lado da janela dela, e nunca foi cortado pela antiga moradora. Depois a costa riquenha pediu o aspirador de pó nosso que tava na laudry para retirar o bicarbonato de sódio que ela jogou para tirar o cheiro de xixi do cachorro da canadense. Isto mesmo todo o carpete do basemente era usado como banheiro do cachorro! Imaginem o cheiro. Mas inaceitável para os costa riquenhos.
Também como mudanças entraram e sairam do basement recentemente, deu para comparar como eles vivem. Mesmo ganhando bem, estando aqui desde que nasceu, e tendo todas as oportunidades que esse país dá, os móveis da canadense eram simplesmente um lixo. Tudo velho, rasgado, sujo. Acho que até piores do que o casal que chegou há menos de dois meses aqui.
As vezes a gente tem preconceitos contra nós mesmo latinos, mas mesmo considerando que esse é um exemplo pontual, tem canadense que tem que aprender muito com a gente ainda.

2 comentários:

  1. Só faltou vc comentar da simpatia. Logo no primeiro dia os costa riquenhos já vieram conversar, foram super simpaticos com as crianças e tal... já a tal born and raised... to pra ver pessoa mais mal educada e antipatica que aquela.

    ResponderExcluir
  2. E tive que ouvir um comentário "maldoso" de uma professora do LINC que disse que detesta sul americano (abaixo do México todos são sul americanos), pois são rudes e só arrumam confusão!!???

    ResponderExcluir