quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Educação física na escola - futebol

Ontem quando fui buscar o Du na escola estava tendo uma aula de educação física de futebol. Vou comentar aqui as diferenças de uma aula de educação física daqui e do Brasil.
Em primeiro lugar, o futebol é jogado por equipes mistas, ou seja, meninos e meninas jogando juntos. No Brasil, na minha época, futebol feminino era uma heresia, misto então. E se pensarmos bem, qual o problema de menina jogar futebol. Esporte violento? Violento é o hockey e o football (americano), que por sinal vai ser assunto para um próximo post.
O uniforme dos jogadores é outra coisa estranha, as crianças jogando de jaqueta. Tudo bem, tava frio, uns doze graus. Mas jogar futebol de calça jeans e jaqueta é muito estranho. Tinha uma menininha, que então radicalizou, jogou de bota!!!!
Mas o mais estranho de tudo foi a organização dos times dentro de campo. Crianças de cerca de dez anos mantendo as suas posições. Não é aquele bumba meu boi, que era a aula de futebol do meu tempo, com todas as crianças em cima da bola. As crianças sabiam dominar a bola, tentavam jogadas individuais mas muitas vezes passavam a bola para colegas mais bem posicionados. Tinha até uma tática, um dos times quando roubava a bola sempre dava um lançamento (bom, na verdade um chutão) para a direita, e lá ia um aluno (afro-descendente) super rápido atrás da bola. Esse menino quase sempre controlava a bola, ia até a linha de fundo e cruzava. O centroavante era um japonezinho, pequenininho de dar dó (bom, em se tratando de Canadá ele devia ser na verdade chines), mas que sabia se colocar na área. E aí era só correr para o abraço. Em cinco minutos que eu assisti o jogo eles marcaram tres gols assim.
Mas o que mais me impressionou, e isto difere totalmente do que acontece no Brasil, é que para as crianças estarem jogando daquela maneira significa que o professor de Educação Física conhece futebol!!! Tudo bem, que conhecer os esportes é o mínimo que pode se pedir de um professor de Educação Física, mas vendo o jogo de ontem, consegui perceber como os meus professores eram fracos. Poxa no país do futebol, em que as pessoas tem uma habilidade inata, jogar as crianças sem qualquer organização, sem qualquer fundamento em cima de uma bola de futebol, é muita incompetencia.
Mas nós brasileiros podemos ficar tranquilos. Se as crianças canadenses estavam boas de teoria, de habilidade......

Nenhum comentário:

Postar um comentário