segunda-feira, 14 de setembro de 2009

A decepção do emprego que não existia

Trabalhava no Brasil numa empresa que tem algumas filiais aqui pelo Canadá. Todas em dificil situação por causa da crise, por sinal.
Mas sempre venho acompanhando. A filial aqui de Toronto está bem, mas faz um serviço meio distante do que eu fazia no Brasil, ou melhor bem distante.
Mas mesmo assim sempre acompanhei os posts de emprego daqui.
E eis que na quinta feira vejo uma vaga que se adaptaria perfeitamente ao meu perfil. Já comecei a pensar na estratégia, os amigos que eu iria acionar, os emails que eu iria mandar. Já até tava pensando em como ia gastar o dinheiro do primeiro salário, rs, rs.
Mas quando fui refinar a cover letter, para enfatizar que sou ex-funcionário, que já li o livrinho amarelo (a constituição da empresa, muito bem feita por sinal), rs o post simplesmente desapareceu!!!
Fiz aí o primeiro cold calling (como se diz aqui, são os telefonemas para pedir emprego) e realmente foi um cold calling. A moça que me atendeu foi educada mas me falou que na empresa não se aceita cold calling. E que eu só posso mandar o currículo para uma vaga existente via internet. Cold calling pode ser realmente comum por aqui, mas a empresa é americana, e segue a cultura americana e não canadense.
Bom, nem precisa falar que a euforia deu lugar a decepção.

Um comentário:

  1. Poxa vida, que pena!!! Será que postaram a vaga por engano, ou foi preenchida a jato?

    ResponderExcluir