quinta-feira, 16 de julho de 2009

Meus cursos

Acabou meu curso no Mississauga Board of Trade. Foram 5 segundas feiras, 3h de curso por dia. Diriamos para ser simpatico com o pessoal de la, que sempre me tratou muito bem, que o resultado foi pífio.
Fui no Mississauga Connections buscar a referral letter para o mentoring no Dixie Bloor. Fui atendido por uma moça da Guiana. Segundo me disseram a Guyana eh o segundo pais na lista de imigrantes da América, só perde para os EUA!!!! Bom, eu conhecia melhor os cursos e opções de Mississauga do que ela, portanto a entrevista acabou sendo somente o preenchimento de um papelzinho por parte dela me indicando para o Dixie Bloor.
O meu curso de ELT no PMC continua. A coordenadora tá muito irritada e já arrumou alguma confusão com os colegas. Mas eu consigo passar bem longe desse tipo de problema. Sou o único aluno, como se diz aqui, que não é minoria visível. Eu e o professor, rs, que é descendente de portugueses e fala o portuges muito bem (agora estou falando da escola inteira, rs). Mas já deu para ver que esse curso não vai levar a nada também. A parte de revisão do curriculo, da lista de referencias e da cover letter foi legal, mas o co-op que é o trabalho voluntário (e que era o objetivo meu neste curso) em uma empresa da nossa área não vai acontecer não. Tá muito cru agora para dar tempo de sair até o final do curso.
Mas o que eu estou aprendendo aqui no Canadá é que o interesse principal de todas essas agencias é continuar recebendo o dinheirinho do governo, e nós, imigrantes somos apenas o meio para eles se manterem. Não que eu esteja sugerindo que seja corrupção, é apenas uma maneira de ter um empreguinho sem maiores responsabilidades. E principalmente agora tá todo mundo muito assustado porque o governo cortou a subvenção de uma agencia na Confederation, o que forçou-os a fechar.

3 comentários:

  1. Oi Sergio,
    uma das coisas que temos observado é isso mesmo que você falou, as agências tem que continuar de uma forma ou outra. Ouvi por esses dias que o governo precisa investir mais na área do ensino de inglês aqui em Alberta, dizem que só 20% dos imigrantes que chegam recorreem aos curso de línguas, será que é isso mesmo?! Não sei não fiquei desconfiada.
    Um abraço e tudo de bom na casa nova.
    Eliane

    ResponderExcluir
  2. Sergio, tambem concordo com voce: muitos counselors nem sabem o que estao falando ou sugerindo e muitos desses cursos nao chegam a lugar nenhum.
    Tambem acho que trabalhar pra essas agencias e' uma maneira de ter um emprego sem grandes responsabilidades.
    Vamos ver se uma hora a gente consegue entrar no famoso mercado de trabalho canadense.
    Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. Oi Sergio,

    Vc ja tentou ir la na Career Foundation?
    www.careerfoundation.com

    ResponderExcluir