sábado, 6 de junho de 2009

Parque Karyia

Eu, Du e Lu fomos ao parque Karyia hoje. Karyia é uma cidade do Japão que é a cidade irmã de Mississauga. Existe então uma rua Karyia, e nada melhor do que um jardim japones lá. Não posso dizer se é um jardim autentico, porque não conheço o Japão, mas parece parque de japones mesmo.
Eu e as crianças tinhamos ido ao parque infantil, mas a Lu praticamente pediu para ir embora. Ela pegou o carrinho e sentou, rs. Só faltou colocar o cinto. Então resolvemos ir a esse parque japones, que não tem nenhum brinquedo infantil.
Chegando lá a primeira surpresa, um casamento! No parque. E o padre mais do que suspeito, parecia uma mulher. Cheguei um pouco mais perto e vi, era uma mulher mesmo, de brincão e tudo. Com uma batina meio cor de rosa, meio salmão. Nunca tinha visto isto antes.
Depois vimos a realização de um filme, um "cineasta" super sério filmando um casal. Com certeza esses eram atores amadores, porque mais eles davam risada do que encenavam. E o diretor todo sério.
Esta eu já tinha visto, uma vez na Cidade Universitária em São Paulo eu tava andando por uma trilha para chegar na Av. Corifeu quando um cidadão encontrou um casal namorando. A moça era mulher dele! E o cara amigo! Ele já chegou falando que ia matar os dois. Levei o maior susto, pronto me meti numa encrenca do tamanho do mundo. Aí vi mais umas pessoas, falando, fulano não ficou boa a cena, tem que gritar mais. Estavam ensaiando para um filme!

Nenhum comentário:

Postar um comentário