sábado, 30 de maio de 2009

Passeio pelo centro de Toronto

No dia da minha fatídica entrevista, fiquei cinco horas sem ter o que fazer, já que não dava para voltar para Mississauga. Fiquei então zanzando pelo downtown Toronto. Vamos a algumas curiosidades.
A Universidade de Toronto é linda, fica bem no centro da cidade, na verdade são vários prédios em um super quarteirão. Alguns deles parecem ser bem velhos, com aquela cara de universidade inglesa, outros da década de 70 e alguns outros bem modernos. Fui na engenharia química, que é a minha especialidade, eles tem um laboratório de operações unitárias super bem montado. Tudo o que há 40 anos estamos tentando fazer no semi-industrial de São Paulo. Fui também no prédio do que poderiamos dizer biotecnologia, super moderno. Lindissimo. Deu vontade de voltar a estudar, rs.
Canadian Tire - pela primeira vez entrei nessa loja, muito comum por aqui. E não consigo defini-la. Vende até tires (pneus, mas a palavra não é com y?). Vende coisas para esporte, para casa, produtos automotivos, coca cola, brinquedos, tinta, ferramentas. Uma mistura de Lojas Americanas com a Telha Norte. Esquisito.
Path - este é o "shopping" subterraneo de Toronto. Entrei pelo city hall e saí numa estação de metro. Curioso é ver centenas de pessoas andando apressadas para ir para a estação do metro passando pelo meio dos produtos da The Bay.
Metro - pela primeira vez peguei o metro no horário de rush. Muito mais que super lotado, algo como a linha leste-oeste de São Paulo. Poucas pessoas conseguiam entrar no vagão em algumas estações. Mas parecia que estava com problema o sistema de metro naquele dia. Caos total.
City hall - a prefeitura velha e a nova ficam na mesma quadra. Que diferença, a velha um prédio super tradicional ingles, lindo. Já a nova, tão feinha, que dá até a impressão que foi desenhada pelo Niemayer. Ficaria ótima do lado do Copam ou do memorial da América Latina, rs.
Varsity Stadium ou algo assim, é um estádio de futebol americano que fica na Bloor, até grandinho. O interessante é que dá para ver o jogo da rua, rs.
Sick Kids - por incrível que pareça esse é o nome mesmo do hospital infantil de Toronto. Bem central, enorme, mas com um nominho super esquisito.

Um comentário:

  1. Olá!! Obrigada por sua visita ao meu blog!! Eu sempre leio o seu e o de sua esposa. Sempre aprendo alguma coisa.
    Eu sou de Brasília e toda a família do meu marido - inclusive ele - são de Palmitos, láááá do extremo oeste do estado. Uma das bisas fala com esse sotaque do videozinho ("xunto", "calçón", etc) e o alemão falado na cidade virou dialeto. As bisas e os bivôs são filhos de alemães, mas conservam toda a cultura herdada. Dizem que os alemães são muito sérios, mas quando param pra se divertir... sai de baixo!! É risada o tempo todo!!
    E vcs, como vai a adaptação por aí?
    abraços em todos

    ResponderExcluir