terça-feira, 24 de março de 2009

Cidadania portuguesa 2

Nesta minha ausencia, não contei o progresso quanto a cidadania portuguesa. Conseguidos os atestados de óbitos do avó e da avo da Lena, foi fácil. Os dois documentos originais, mais dois formulários pegos na internet, uma conta da casa onde colocamos o remetente (no caso os pais dela) e um cheque para pagar todas as custas, no altíssimo valor de dez reais!!!!
Agora é esperar o registro do óbito dos portugueses lá em Portugal, para começar a segunda fase, que é a dupla cidadania para o pai da Lena.
Por enquanto, tudo fácil, barato e eficiente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário