sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Big brother por um mês

Este blog não pretende ter nenhum assunto pessoal. Vai falar apenas da nossa reta final de preparação para o Canadá e os primeiros dias lá (na verdade, pretendo escrever até conseguirmos a nacionalidade canadense) e agora do pedido de nacionalidade portuguesa das crianças.

Mas hoje vou abrir uma exceção. Tive que tirar férias obrigado no início de dezembro. Férias de crise. Óbvio que não fiquei contente, primeiro que estava pretendendo transformar estas férias em dinheiro haja visto a mudança para o Canadá, depois que não tinhamos nada planejado para viajar e finalmente, dezembro é um péssimo mês para viajar na minha opinião; tudo lotado, quente, chuva, etc.

Fiquei então os trinta dias em casa, mas para minha surpresa, foi excelente. Foi ótimo para me aproximar das crianças, levar no parque, dar banho todos os dias, fazer almoço, lutar no sofá, brincar de "cara a cara". E também de descobrir, que mesmo depois de dez anos, eu e a Marilena conseguimos ficar durante um mês juntos na casa do "big brother" sem nos estressarmos (ou pelo menos sem eu me estressar, rs).

Nenhum comentário:

Postar um comentário